sábado, 18 de março de 2017


       REABILITAÇÃO JOVEM NA REABILITAÇÃO URBANA - addicted to Life

E se a capacidade financeira de quem pretende investir se convertesse na reabilitação deste edifício, há anos neste estado, em frente ao Staples Lisboa-Expo?

E se o smartphone, tablet, computador, fossem apenas meios de comunicação para uma presença conjunta em espaço reabilitado?

Declaração de interesses: não tenho qualquer ligação com os promotores e/ou projectistas deste imóvel. Estive no local há dias e partilho o que vi e o que pensei.


Notícia relacionada cuja leitura recomendo: "Estudantes voltam às casas da Baixa de Coimbra e põem em prática o que aprenderam"

Preencherá este edifício as condições necessárias ao financiamento através do IFRRU2020 ?

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Educação do século XXI: o lugar e o papel do professor e da escola

Contributos para a transformação:


"O professor na educação do século 21"

 

"Como as escolas transformam crianças em adultos medíocres" 


"A Escola face à diversidade"


TEDxLisboaED regressa a Lisboa para debater a educação - "A próxima edição da conferência TEDxLisboaED, dedicada à mudança na Educação, realiza-se no dia 18 de outubro, sábado, no Fórum Lisboa, e terá como mote “mobilizar é agir”."

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Receita de Verão



REFLEXÃO PARA A ACÇÃO    (and now something completely different...?)

Para uma visão real mas positiva do presente, com o objectivo de construir um futuro consciente, sustentável e apetecível, partilhamos e propomos:


Ingredientes: um filme (1h23m) + 2 livros + abertura de espírito


Procedimento:

1. Escolha uma data, local e hora em que tranquilamente ESTARÁ CONFORTÁVEL E DISPONÍVEL (num espaço que goste e se sinta bem, onde não terá interrupções) para  receber informação que já conhece, que repudia, que o incomoda e o entristece, mas que foi organizada de uma forma simples e perceptível, com o propósito de o esclarecer de forma objectiva (NOTA: ASSIM O ENCARAMOS, PARTI DESSE PRINCÍPIO, ATÉ PROVA EM CONTRÁRIO) sobre o funcionamento do mundo actual.


                       Existindo estas condições - vontade, conforto e disponibilidade 

2. visualize o filme  "Four Horsemen - Os quatro ginetes do Apocalipse", sozinho ou acompanhado, e no final reflicta sobre o que viu.


Após a visualização, reflicta sobre o que viu, tentando reter as ideias fundamentais, e exteriorize o seu pensamento na forma que mais se adequar à sua maneira de ser: tomando notas, escrevendo um texto, partilhando ideias nas redes sociais, dialogando à beira-mar, sobre a montanha, no café da esquina, na pracinha, com alguém que demonstre interesse pelo tema (e não necessariamente com os amigos, que poderão não estar disponíveis), a imaginação é o limite.

Quando o conhecimento que recebeu de forma sistematizada fizer sentido para si, pode passar à fase seguinte - a leitura.

3. Decida encontrar tempos de leitura no seu dia, tarde ou noite, em alternativa à televisão ou a programas que em nada o enriquecem.


3.1. O livro "Uma mochila para o Universo"* servirá para perceber melhor como funcionamos por dentro, e assim poder mudar a sua atitude (segundo a autora ajudar-nos-á "(...) a ser mais felizes, combatendo a tendência natural do cérebro humano para o pessimismo(...)" ).

"Uma mochila para o Universo" pretende, segundo a autora Elsa Punset "(...)  facilitar o entendimento do que nos rodeia, reconhecer a importância das nossas relações com os outros, descobrir que é muito mais o que nos une do que o que nos separa, encontrar formas eficazes de comunicarmos entre nós, conjugar a relação entre o corpo e a mente, aumentar o caudal de alegria que encerramos, organizarmo-nos para conseguirmos fixar e alcançar os nossos objectivos e ajudar o cérebro humano a contrariar a sua tendência inata para «a sobrevivência receosa e desconfiada». 

Treine alguns exercícios mentais sugeridos nalgumas partes do livro.

Adopte o mesmo procedimento de reflexão anterior, para consolidar as ideias recebidas, enquanto durar a leitura do livro (n.º de dias variável, depende do seu tempo e da sua disponibilidade e vontade para a leitura).


Finalmente, quando se sentir melhor com o mundo! (porque compreende melhor as pessoas que dele fazem parte, i.e., todos nós), pode entregar-se - se tiver essa vontade (este é um pressuposto essencial) - à

3.2. leitura do livro "Deus, Dinheiro e Consciência"** sem preconceitos de qualquer tipo (é um diálogo entre um monge e um gestor, mas em que revelam ambos uma profunda tolerância pela diversidade de crenças - é ler para crer!), a fim de ganhar ânimo e garra para os desafios do século.


No fim, terá obtido uma base para a sua acção diária, começando a surgir novos desafios!


Bom proveito!


NOTA: o presente texto corresponde a uma partilha de conteúdos, com a opinião pessoal da signatária sobre os mesmos, e não mais do que isso. 



* "Uma mochila para o Universo", de Elsa Punset pode ser adquirido on-line:

Bertrand
Fnac
Wook


**"Deus, Dinheiro e Consciência", de Anselm Grün e de Jochen Zeitz pode ser adquirido on-line:

Bertrand   
Fnac 
Paulinas 

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013